Conheça o nosso catálogo de produtos

LIBRO DE LOS CORRELATIVOS

Dê Sua Opinião Sobre o Produto

Disponível: Em estoque

R$42,00

Resumo

Últimos Exemplares.
O propósito luliano multiplicou-se em perto de 270 obras: literárias, científicas, apologéticas e em diferentes versões da própria Arte (1274-1308). Um dos aspectos mais interessantes do pensamento luliano é a linguagem dos correlativos: um conjunto de termos, acunhados segundo o modo da gramática especulativa do seculo XII, cujo objetivo é a expressão dos princípios da Arte. No Liber correlativorum innatorum (1310), que aqui se apresenta, Lúlio descreve a formação destes «novos nomes», seu significado metafísico e sua estrutura lingüística, e ensina o modo de usá-los. Trata-se de um modelo de linguagem universal cuja estrutura gramatical está vinculada ao conteúdo metafísico dos princípios da Arte e sua significação metafórica na natureza e na ordem intelectual.

LIBRO DE LOS CORRELATIVOS

Detalhes

Raimundo Lúlio propôs-se instruir e educar iletrados (leigos) e não cristãos nas disciplinas mais relevantes de seu tempo —filosofia, artes liberais, teologia, física, medicina, astronomia, direito—, e preparou para essa finalidade um método de aprendizagem ao que chamou Arte (Ars). A Arte, com seus princípios, figuras combinatórias e símbolos, fundou um caminho especulativo interdisciplinar no qual diversas ciências encontraram uma convergência epistêmica, ética e religiosa. O propósito luliano multiplicou-se em perto de 270 obras: literárias, científicas, apologéticas e em diferentes versões da própria Arte (1274-1308). Um dos aspectos mais interessantes do pensamento luliano é a linguagem dos correlativos: um conjunto de termos, acunhados segundo o modo da gramática especulativa do seculoo XII, cujo objetivo é a expressão dos princípios da Arte. No Liber correlativorum innatorum (1310), que aquí se apresenta, Lúlio descreve a formação destes «novos nomes», seu significado metafísico e sua estrutura lingüística, e ensina o modo de usá-los. Trata-se de um modelo de linguagem universal cuja estrutura gramatical está vinculada ao conteúdo metafísico dos princípios da Arte e sua significação metafórica na natureza e na ordem intelectual.

Você pode estar interessado nos seguintes produtos

A ARTE DE RAIMUNDO LÚLIO E A TEORIA ESCOLÁSTICA DA CIÊNCIA

A ARTE DE RAIMUNDO LÚLIO E A TEORIA ESCOLÁSTICA DA CIÊNCIA

R$55,00
       

Informação Adicional

Título LIBRO DE LOS CORRELATIVOS
Subtítulo Liber correlativorum innatorum
Autores Raimundo Lúlio (Ramon Llull)
Sinopse

Raimundo Lúlio propôs-se instruir e educar iletrados (leigos) e não cristãos nas disciplinas mais relevantes de seu tempo —filosofia, artes liberais, teologia, física, medicina, astronomia, direito—, e preparou para essa finalidade um método de aprendizagem ao que chamou Arte (Ars). A Arte, com seus princípios, figuras combinatórias e símbolos, fundou um caminho especulativo interdisciplinar no qual diversas ciências encontraram uma convergência epistêmica, ética e religiosa. O propósito luliano multiplicou-se em perto de 270 obras: literárias, científicas, apologéticas e em diferentes versões da própria Arte (1274-1308). Um dos aspectos mais interessantes do pensamento luliano é a linguagem dos correlativos: um conjunto de termos, acunhados segundo o modo da gramática especulativa do seculoo XII, cujo objetivo é a expressão dos princípios da Arte. No Liber correlativorum innatorum (1310), que aquí se apresenta, Lúlio descreve a formação destes «novos nomes», seu significado metafísico e sua estrutura lingüística, e ensina o modo de usá-los. Trata-se de um modelo de linguagem universal cuja estrutura gramatical está vinculada ao conteúdo metafísico dos princípios da Arte e sua significação metafórica na natureza e na ordem intelectual.

Nome da Coleção Importados
Editora Editorial Trotta
Número de páginas 39
ISBN do Livro 8481649703
Encadernação Brochura
Peso 0.2000
Dimensões do Produto 14x23
Ano da Edição 2008
Idioma Espanhol

Tags do Produto

Use espaços para separar as Tags. E aspas simples (') para frases.